Sicredi disponibilizou em 6 meses R$ 12 bilhões ao agronegócio

agronegócio blockchain - Sicredi disponibilizou em 6 meses R$ 12 bilhões ao agronegócio

Conhecido pela forte atuação no agronegócio brasileiro, o Sistema Sicredi disponibilizou R$ 12 bilhões em mais de 131 mil operações de crédito rural para os associados no primeiro semestre do Plano Safra 2019/2020.

Trata-se do maior valor liberado entre as instituições privadas que atuaram de julho a dezembro de 2019. Os dados constam no levantamento do Banco Central do Brasil (BC). Se forem avaliados somente os dados da Sicredi Pioneira RS, foram dispostos mais de R$ 132 milhões em 1.698 operações, durante o mesmo período.

Considerando todas as instituições (públicas e privadas) que liberam crédito rural no atual Plano Safra, o Sicredi foi o segundo maior agente liberador. Para esta safra, a instituição financeira cooperativa estima viabilizar mais de R$ 20,1 bilhões em crédito rural, projetando atingir mais de 220 mil operações.

O valor representa um crescimento de 12,3% nos recursos concedidos em relação ao ano-safra anterior, quando foram disponibilizados R$ 17,9 bilhões em 190 mil operações.

Do montante para o ciclo atual, a expectativa é disponibilizar R$ 17,5 bilhões em operações de custeio, comercialização e investimento, além de R$ 2,6 bilhões com recursos direcionados, oriundos do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social).

Ranking de desembolsos do BNDES

Além do desempenho apresentado no primeiro semestre do Plano Safra 2019/2020, o Sicredi também ganhou destaque, em 2019, no ranking de desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que tem como objetivo identificar o desempenho das instituições financeiras nas operações indiretas, isto é, aquelas em que o BNDES participa indiretamente no repasse de recursos por meio de um agente financeiro credenciado.

Na colocação geral, que leva em conta os desembolsos ao longo do ano de 2019, o Sicredi é o segundo colocado no ranking das Instituições Credenciadas das Operações Indiretas do BNDES, disponibilizando R$ 2,9 bilhões em 30 mil operações.

Já nos repasses dos Programas Agrícolas, a instituição figura na 1ª posição entre as que liberaram crédito no âmbito do Inovagro. Nesta linha, o Sicredi aprovou 463 operações, liberando um total de R$ 312,9 milhões.

Nas linhas do Pronaf e do Moderagro, a instituição ocupa a 2º colocação entre as que mais concederam crédito rural no ano passado. No Pronaf, o Sicredi disponibilizou R$ 1,1 bilhão em 19 mil operações, enquanto que no Moderagro foram liberados R$ 174,9 milhões em 569 operações.

Enquanto na linha Pronamp, a instituição financeira cooperativa ocupa o 3º lugar, com R$ 149,2 milhões liberados para os agricultores em 953 operações.

Fonte: Revista News