Série Pecuária 4.0: conceitos introdutórios

pecuaria 4 0 giro rural 768x432 - Série Pecuária 4.0: conceitos introdutórios

Nova era 4.0 digital

Estamos passando por momentos revolucionários na atualidade. O advento da tecnologia, o barateamento de ferramentas e a facilidade de aquisição nos permitiu chegar a um cenário futurista. 

A tecnologia faz parte do nosso dia-a-dia de formas que antes não imaginávamos. Os Smartphones, por exemplo, possuem diversas aplicações para facilitar a nossa vida e o nosso trabalho. Além disso, é uma ferramenta que todos os brasileiros têm acesso, ou seja, algumas tecnologias já estão tão popularizadas, que nem nos damos conta.

No mundo rural isso não é diferente, por isso, novos conceitos têm surgido como:

  • Agricultura 4.0
  • Pecuária 4.0
  • Indústria 4.0

Para alavancar este mercado tão moderno, diversas startups estão sendo criadas, cada uma com objetivos diferentes, ocupando nichos específicos, mas todas direcionadas a trazer facilidades, tecnologia e ganhos produtivos ao homem do campo.

Pecuária 4.0

Em função de possuir o maior rebanho comercial do mundo, o Brasil tem sido o celeiro da Pecuária 4.0. 

Por definição, podemos considerar que a Pecuária 4.0 compreende uma série de tecnologias que podem ser aplicadas dentro e fora da porteira, para melhorar o aproveitamento de insumos, facilitar o manejo animal, monitorar o rebanho e entre outros.

Entretanto, a adesão por parte dos pecuaristas as novas tecnologias ainda são tímidas. Especialistas acreditam que isto ocorra por alguns motivos, como a falta de aceitação do “novo” por alguns criadores.

Na Agricultura 4.0, a taxa de adesão dos produtores é significativamente maior do que na Pecuária. O motivo para isso, é a velocidade de retorno do investimento e os ganhos produtivos ocasionados pelas tecnologias.

Desta forma, o pacote tecnológico da Pecuária 4.0 tem maior aceitação entre jovens pecuaristas, que estão mais abertos aos benefícios da tecnologia.

Serviços ofertados pela Pecuária 4.0

Para entender melhor este conceito, vamos exemplificar alguns serviços proporcionados pelo advento da Pecuária 4.0 aos criadores de animais.

  • Imagens de satélites: auxilia no monitoramento das áreas de pastagens, fornecendo insights sobre o vigor das plantas, condição nutricional, bem como fornecendo estimativas para a melhor lotação animal em cada piquete.
  • Monitoramento individual do animal: através de uma série de sistemas interligados, é possível o monitoramento de cada animal de forma individual. Por exemplo, para vacas de leite, softwares fornecem estimativas da produção do animal, bem como melhor época para cobertura, vacinas, qual a dieta ideal, entre outros diversos fatores. Estes sistemas permitem uma visão geral do animal durante todo o seu ciclo de vida.
  • Softwares de gestão: atualmente estes são os sistemas de Pecuária 4.0 mais utilizados, pois não exigem grandes investimentos e tem rápido retorno financeiro. Diversas empresas comercializam softwares no Brasil, aplicados aos mais variados sistemas de produção, muitas vezes adaptados a necessidade do produtor. Estes softwares permitem a gestão de toda a atividade agropecuária, fornecendo informações importantes sobre os custos de produção, gastos específicos com cada setor, manejo animal, entre outros.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a Pecuária 4.0, fique ligado nas próximas publicações. Em breve disponibilizaremos um conteúdo exclusivo com as principais tendências da pecuária brasileira para os próximos anos.