fbpx

Série: Cavalos e suas origens – Przewalski

Série: Cavalos e suas origens – Przewalski
Série: Cavalos e suas origens – Przewalski

O Cavalo de Przewalski é uma subespécie selvagem do cavalo domesticado que conhecemos hoje. Originário das montanhas Tachin Schah, o cavalo recebeu esse nome graças ao russo Nikolai Mikhailovitch Prjevalski. Por muito tempo o cavalo esteve fora do seu habitat natural devido a caças que causaram sua quase extinção. Hoje Cerca de 1.100 espécies estão sobrevivendo em parques nacionais e zoológicos.

O Przewalski possui um corpo pequeno, sendo mais baixos que a maioria dos cavalos domésticos, chegando a medir 1,47 m, pesando 200 a 340kg eles são cavalos relativamente pesados. Sua pelagem varia de bege a castanho-avermelhado, quando chega o inverno sua pelagem fica muito mais espessa pois é uma época rigorosa na Mongólia. Sua crina é ereta e mais escura que o resto do corpo. A maioria dos cavalos selvagens atuais, tais como o americano mustangue ou o australiano brumby, são realmente cavalos selvagens.

Descendem de domesticados animais que escaparam e adaptados à vida na natureza. O cavalo de Przewalski é considerado o único cavalo selvagem ‘verdadeiro’ existente no mundo hoje, nunca tendo sido domesticado. No entanto, um estudo de DNA de 2018 sugeriu que os cavalos modernos de Przewalski podem descender dos cavalos domesticados da cultura Botai.

Você tem opiniões, experiências ou curiosidades sobre a raça? Compartilhe conosco nos comentários.

Fonte: Multicavalos