São Paulo: oferta de compras acima da referência no mercado do boi gordo

boi gordo 1 768x432 - São Paulo: oferta de compras acima da referência no mercado do boi gordo

Mesmo com a estabilidade nas cotações da arroba do boi gordo estáveis na última terça-feira (3) em São Paulo, muitos frigoríficos trabalharam com preços até R$2,00 a arroba acima da referência para a boiada considerada comum.

Em relação aos animais em que a carne será enviada à China, os pagamentos deverão chegar até R$3,00 a arroba, acima do valor de referência.

O Norte do país também se destaca. Na região norte do Tocantins e sudeste de Rondônia, por exemplo, o boi gordo registrou alta de 0,7% nas duas praças.

A chegada do pagamento dos salários tem impulsionado as indústrias a saírem às compras com mais ânimo, procurando reabastecer os estoques para atender a demanda de começo de mês.

Outra questão positiva está relacionada ao mercado externo. No mês de agosto, o Brasil conseguiu exportar 126,51 mil toneladas de carne bovina in natura. Isso representa o terceiro melhor resultado para o mês em toda a série histórica.

Mato Grosso do Sul registra alta de 10,4% para o bezerro de ano

No Mato Grosso do Sul a oferta reduzida está dando força para os preços dos animais de reposição.

Numa comparação do mês de agosto deste ano com o mesmo período de 2018, o garrote anelorado de 9,5 arrobas registrou uma valorização de 9,9%. Por outro lado, o bezerro anelorado de ano (7,5 arrobas) valorizou 10,4% no mesmo período.

Em agosto do ano passado, com a venda de um boi gordo de 18 arrobas era possível comprar 1,61 garrote. Neste momento compra-se 1,54.

O resultado representa uma piora de 4,3% no poder de compra do recriador na troca com a categoria.

Em uma análise sobre a troca com todas as categorias neste período de um ano, a pior relação é do bezerro de ano, onde o poder de compra do recriador registrou uma piora de 4,8%.