Relação de troca com a polpa cítrica registra melhora

LARANJA 2 768x432 - Relação de troca com a polpa cítrica registra melhora

A safra começou e logo os preços da polpa cítrica peletizada mostraram um forte recuo em maio. Essa queda de preços, de certa forma, era prevista com o início da colheita da laranja, somado as boas previsões de safra melhor neste ano.


De acordo com um levantamento realizado pela Scot Consultoria, em São Paulo, a tonelada da polpa cítrica peletizada ficou cotada, em maio a R$431,67, fora o frete.


Comparado com o mês de abril, a cotação registrou queda de 29,2%. Em comparação com o mesmo período em 2018, a desvalorização chegou a 16,8%.


Levando em consideração a praça de São Paulo, nesse momento são necessárias 2,76 arrobas de boi gordo para conseguir comprar uma tonelada do insumo.


Com a queda no preço do alimento concentrado, houve uma melhora de 28,3% na relação de troca para o pecuarista, melhor que o mês anterior.


Se comparado com maio do ano passado, o poder de compra do pecuarista frente ao insumo melhorou 16,8% em 2019.


Em relação ao curto prazo, espera-se que a oferta de polpa cítrica aumente por causa do avanço da colheita, fator que deve segurar os preços do produto em baixa.

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *