Queda nos embarques de milho na 2ª semana de março, mas média diária está maior que em fevereiro

milho 768x432 - Queda nos embarques de milho na 2ª semana de março, mas média diária está maior que em fevereiro

Na primeira semana de março, o Brasil exportou, em média, 60,82 mil toneladas de milho em grão por dia. Já no acumulado até a segunda semana deste mês, a média diária caiu para 34,55 mil toneladas (Secex).

Apesar do recuo na segunda semana, o volume embarcado diariamente aumentou 79,6% em relação a fevereiro último, mas caiu 20,6% frente à média de março do ano passado.

Com relação aos preços, o mercado físico segue firme, com negócios entre R$56,00 e R$57,00 por saca de 60 quilos na região de Campinas-SP, segundo levantamento da Scot Consultoria.

O câmbio valorizado, a boa demanda, as incertezas com relação ao clima e as expectativas de estoques menores nesta temporada dão sustentação aos preços no mercado brasileiro.

No entanto, no mercado futuro (B3), as cotações dos contratos de milho caíram nos últimos dias, diante das incertezas em função do coronavírus e da queda no preço do petróleo, que poderão prejudicar a demanda interna e mundial.

Fonte: Scot Consultoria