Primeiro trimestre de 2019 é marcado por aumento nas Importações de lácteos

leite alta giro rural 768x432 - Primeiro trimestre de 2019 é marcado por aumento nas Importações de lácteos

Os primeiros dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) mostraram um recuo nas importações de lácteos em março no comparativo mensal, mas no fechamento do trimestre o resultado foi de aumento no setor. Em março o volume reduziu 33,4% e os gastos também caíram na mesma proporção, 32,5%. Na parcial de abril, já na terceira semana, a média diária na importação de lácteos chegou a US$1,90 milhão em gastos, o que representa um aumento de 1,0% na comparação do mês e queda de 0,4% em relação ao mesmo período no ano passado.

O leite em pó foi o produto mais comprado, representando 57,3% do total negociado. Porém, se levar em conta a aquisição do produto na comparação mês a mês, houve uma redução de 46,7%. A Argentina e o Uruguai foram os maiores fornecedores em volume, respondendo por 66,9% e 22,2% do total embarcado, respectivamente.

A baixa na produção de matéria-prima nos maiores fornecedores e a alta do dólar reduzindo a atratividade de compra do leite em pó no âmbito externo explica o recuo no volume internacionalizado. Mesmo com a redução na comparação mensal, o setor teve um fechamento positivo para o primeiro trimestre com o crescimento de 45,6% nas importações. Esse resultado se baseia na comparação anual.

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *