Repasses do Funcafé: Governo anuncia contrato com mais 11 agentes

funcafe giro rural mercampo 768x432 - Repasses do Funcafé: Governo anuncia contrato com mais 11 agentes

Uma boa notícia para os cafeicultores. O Governo Federal acaba de anunciar o fechamento de novos contratos com agentes financeiros na operação de recursos do Funcafé (Fundo de Defesa da Economia Cafeeira).

De acordo com a nota emitida pelo ministério, 11 novas instituições serão responsáveis por R$ 2,33 bilhões em operações de linhas de capital de giro, comercialização, custeio e aquisição de café.

Junto com os novos contratos, o Funcafé soma 35 agentes financeiros em operações que ultrapassam o valor de R$ 5 bilhões.

Segundo o Ministério da Agricultura, os recursos do Funcafé referentes à safra 2019/2020 no valor de R$ 2,33 bilhões serão disponibilizados de forma imediata.

Conforme divulgou a nota, o valor foi destinado também aos torrefadores, cooperativas e no trabalho de recuperação de cafezais danificados.

Dessa forma, será possível atender a muitos produtores que viram seus cafezais serem prejudicados pela última geada.

Maior produtor de café do mundo

O Brasil é considerado o maior produtor de café do mundo, sendo consumido em muitos países. O café brasileiro também é considerado um dos melhores e mais saborosos do planeta ao lado da vizinha Colômbia.

Os cafeicultores sempre enfrentaram problemas históricos, desde situações climáticas a preços em queda, mas o Conselho Nacional do Café (CNC), entidade que une as maiores cooperativas e associações de cafeicultores do Brasil, destacou que os agricultores brasileiros conseguirão superar em pouco tempo a fase de preços baixos no mercado internacional.

Café verde do oeste baiano entra no mapa do IBGE

Foi disponibilizado na última segunda-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) uma versão atualizada do Mapa das Indicações Geográficas do Brasil, realizado em parceria com o Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

No mapa foram incluídos novos produtos, entre eles, o café verde do oeste da Bahia, responsável pelo plantio de 10,6 mil hectares da cultura. Trata-se do café verde em grãos da espécie Coffea arábica.

Segundo a Abacafé, o grão produzido no oeste baiano se destaca por seu sabor agradável, além da boa fragrância e aroma levemente frutado e floral, com doçura equilibrada e boa acidez.