Mercado de reposição acumula dez meses consecutivos de alta

bovinos 6 768x432 - Mercado de reposição acumula dez meses consecutivos de alta

A movimentação no mercado de reposição prosseguiu na última semana fazendo o mês de abril fechar com valorização. Com esse resultado, o setor comemora o décimo mês consecutivo com as cotações fechando em alta.

Segundo a Scot Consultoria, em relação ao balanço mensal, considerando a média de todas as categorias de machos e fêmeas anelorados e estados, as cotações registraram alta de 2,3%. O excelente ritmo do mercado de reposição tem como um dos principais fatores as pastagens, que apresentam condições muito melhores do que estava sendo esperado para este período.

Com as pastagens apresentando maior capacidade de suporte, naturalmente acontece um aumento da demanda pela reposição, sem contar que existe maior poder de barganha da ponta vendedora, que por sua vez está respaldada para poder reter os animais. A menor oferta, em especial das categorias de bezerros e boi magro, também criou um fator de alta nos preços registrados no mercado de reposição.

Mercado do couro

Já no mercado do couro, a demanda pelo produto final registrou baixa, tanto no mercado interno quanto para exportação. Isso vinha limitando as desvalorizações nos últimos meses. A disponibilidade de couro verde, por outro lado segue limitada, explicando a estabilidade dos últimos tempos. Dentro do curto prazo, mesmo com a oferta de peles limitada, a tendência é de que a baixa procura pelo produto final mantenha o mercado sem força para reagir.

Na Região Central do Brasil, o produto de primeira linha segue com cotação de R$0,80/kg, mesmo valor negociado já há 66 dias. Se for comparado com o mesmo período do ano passado, a desvalorização foi de 38,5%.

No Estado do Rio Grande do Sul, o couro verde comum está sendo negociado em R$1,10/kg. Mesmo com a estabilidade que já dura 29 dias, os negócios acontecendo abaixo da referência registraram ganho de força nos últimos dias.

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *