Inscrições para o Concurso de Qualidade dos Cafés terminam dia 9 em Minas Gerais

café 1 768x432 - Inscrições para o Concurso de Qualidade dos Cafés terminam dia 9 em Minas Gerais

As inscrições para o Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais de 2019 serão encerradas na próxima segunda-feira, dia 9 de setembro.

Os escritórios da Emater-MG, empresa vinculada à Secretaria de Estado de Agricultura, receberão as amostras concorrentes de cada produtor inscrito. A inscrição é gratuita.

Segundo informações da secretaria, poderão participar todos os cafeicultores dos municípios de Minas Gerias, com amostras de café arábica, tipo 2 para melhor, colhidas neste ano.

A secretaria mineira lembra ainda que a lavoura de origem da amostra precisa ser georreferenciada. Durante a entrega das amostras o produtor deverá preencher uma ficha de inscrição.

A expectativa dos organizadores do Concurso de Qualidade dos Cafés é que dois mil concorrentes participem do evento.

Concurso é realizado em duas categorias

O Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais será realizado em duas categorias, sendo a primeira de Café Natural. Nesta primeira categoria, o café recém-colhido é levado para secar.

A segunda categoria é a do Café Cereja Descascado, Despolpado ou Desmucilado. Nela, o café, após ser lavado, é separado dos frutos verdes e secos dos frutos maduros.

Em seguida, eles são levados a um descascador e só depois seguem para secagem. Em relação aos cafés despolpados e desmucilados, existe ainda uma fase onde o produto passa por um tanque de fermentação.

A organização lembra que cada produtor pode participar somente uma amostra em cada categoria de café.

Todos os cafés passarão por análises físicas e sensoriais realizadas por uma comissão julgadora que é formada por, no mínimo, dez classificadores e degustadores de café.

Na etapa de análise, que é a primeira, serão classificados apenas os cafés que alcançarem o mínimo de 84 pontos, seguindo as normas da Associação Americana de Cafés Especiais (SCAA).

A produção dos cafés concorrentes também receberá uma avaliação socioambiental e será pontuado em critérios como a preservação de mata ciliar dos cursos d’água, proteção de nascentes da propriedade, entre outros.