fbpx

Escassez de chuvas compromete plantio da soja em setembro

Embrapa lança novo cultivar de soja para o Matopiba.
Embrapa lança novo cultivar de soja para o Matopiba.

De acordo com avaliação do agrometeorologista, Marco Antônio dos Santos, da Rural Clima, a tendência é de que o mês de setembro se mantenha como o mais seco e quente em boa parte do País, com chuvas concentradas na região sul, além de irregularidade nas áreas localizadas mais ao centro e norte do Brasil.

Ele avaliou que não haverá chuvas generalizadas e em volumes suficientes para o plantio da nova safra de soja ou mesmo para induzir o florescimento do café.

No Sul do País, o período continuará com muita chuva e dificuldades para o plantio do arroz. “Para o milho, as condições se manterão favoráveis”, afirmou Santos.

Ele destaca que o inverno deste ano está entre os mais secos e quentes dos últimos anos no Brasil.

As chuvas registradas em algumas localidades entre julho e agosto não representaram alívio. Além disso, por causa do aumento da evapotranspiração, os solos em grande parte do território brasileiro estão em situação de estresse hídrico.

No Paraná, o vazio sanitário para a soja terminou na última terça-feira (10). A expectativa é de haja pouco trabalho de campo, ao menos nos próximos dias, segundo avaliação do economista Marcelo Garrido, do Departamento de Economia Rural (Deral), ligado à Secretaria da Agricultura do Estado do Paraná.