fbpx

Embrapa vai analisar consanguinidade de tambaquis em criatórios

Embrapa vai analisar consanguinidade de tambaquis em criatórios
Embrapa vai analisar consanguinidade de tambaquis em criatórios

Os criadores brasileiros de tambaqui (Colossoma macropomum) poderão utilizar um serviço técnico para descobrir se suas matrizes são puras ou híbridas (resultado de cruzamento com outra espécie) e se também tem algum grau de parentesco entre si.

Para conseguir ser contemplado com o serviço que entrará em funcionamento nesta quarta-feira (4), o piscicultor precisará fazer contato através do e-mail [email protected]

A princípio o serviço será oferecido de maneira restrita pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Segundo a Embrapa, conseguir dados sobre pureza e consanguinidade traz resultados importantes para um melhor desempenho técnico da criação.

Todas as informações serão geradas através de ferramentas genômicas desenvolvidas pela Embrapa.

De acordo com o pesquisador da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, Alexandre Caetano, o controle de pedigree representa um dos maiores desafios enfrentados pelos criadores de tambaqui.

Ele explica que o cruzamento entre parentes próximos (meios-irmãos, irmãos ou primos) pode resultar em perdas de até 25% dos alevinos ou de até 30% na produção dos sobreviventes, principalmente na fase da engorda.

Caetano disse que cada piscicultor terá a oportunidade de enviar até 48 amostras de peixes reprodutores.

Segundo ele, resultados serão importantes para orientar acasalamentos, evitando perdas na alevinagem e o nascimento de animais com deformações e baixo desempenho produtivo durante a engorda.

Os reprodutores e as matrizes que serão analisados precisarão estar identificados individualmente com chip eletrônico e ter parte da nadadeira coletada, atendendo aos procedimentos técnicos pré-estabelecidos.

Depois que a assinatura de um contrato for formalizada, o material será enviado à Embrapa, que realizará as análises e devolverá ao produtor uma planilha informando sobre o grau de parentesco entre os animais e de pureza de cada um. Também serão enviadas orientações para uso das informações.

O serviço de análise para pureza e parentesco será oferecido a R$ 120,00 por cada amostra.

A contratação será realizada por tipo de serviço, sendo uma para detectar a pureza específica (R$ 60,00) e um segundo contrato voltado ao serviço de identificação das relações de parentesco (pedigree) das matrizes (R$ 60,00).