De olho no crescimento do agronegócio, operadoras expandem sinal de telefonia e internet no campo

Crescendo e evoluindo com a tecnologia
Cada dia a tecnologia cresce ainda mais no meio rural

O uso de tecnologias na lavoura é cada vez mais crescente e com isso surge a necessidade de expansão da cobertura de sinal de telefonia e internet, que além de criar oportunidades para as operadoras, movimenta a economia no agronegócio. Aproveitando essa onda, muitas empresas estão expandindo seus serviços de conectividade no campo com o aumento da área de cobertura já pensando em atingir outros mercados como o de celulares e internet móvel.

De acordo com diretor de negócios de IoT da Embratel, Eduardo Polidoro, o maior desafio do agronegócio brasileiro é conseguir usar as novas tecnologias existentes em máquinas e equipamentos. “Para isso funcionar de forma efetiva, é preciso conectividade, que não existe em todas as áreas produtivas. A ideia é cobrir esse buraco”, disse Polidoro, destacando ainda que empresas como o Grupo Claro Brasil vem desenvolvendo projetos em sintonia com produtores rurais.

As soluções de conectividade e de internet das coisas (IoT na sigla em inglês) ajuda o agronegócio conseguir acesso remoto e enviar informações dos equipamentos, como tratores e colheitadeiras. Com isso permite que o comportamento e produção da plantação e colheita sejam monitorados.

Segundo o executivo, com a saturação do mercado, o agronegócio acaba se tornando uma forma alternativa de ganhar novos clientes. “Conforme dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) 98,5% dos municípios do Brasil tem cobertura de 3G ou 4G”, disse Polidoro.

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *