Brasil volta a exportar arroz em casca para a Venezuela

plantacao de arroz 1 768x432 - Brasil volta a exportar arroz em casca para a Venezuela

Já se passaram mais de seis meses desde que o Brasil assinou o último contrato de exportação de arroz em casca para a Venezuela e agora mesmo em meio a uma crise política e econômica no país vizinho, as exportações serão retomadas. O país estará novamente exportando grão in natura do produto para a Venezuela.

Já foi confirmada a venda de 30 mil toneladas, cujo embarque está programado para a primeira quinzena de maio no município de Rio Grande (RS). A venda foi consolidada por uma trading brasileira e o volume comprado foi negociado a preço médio de R$ 45,50/ 50 kg (R$ 910,00/ Tonelada ou U$ 230/t).

O país foi o maior cliente do Brasil no ano passado com mais de 600 mil toneladas adquiridas, mas hoje enfrenta graves problemas econômicas relacionados aos acordos firmados, como problemas graves de crédito e atrasos nos pagamentos, com uma inflação beirando a 1 milhão por cento. É por esse motivo que agora as negociações foram realizadas em formato escambo, ou seja, troca de mercadorias que acabam sendo de grande ajuda para abastecer o mercado local.

A expectativa é de uma melhoria na conjuntura política da Venezuela, o que ajudaria aos exportadores e parceiros de negócios em geral. Muitos operadores acreditam que o Brasil tem condições de exportar entre 300 a 400 mil toneladas de arroz em casca para o país vizinho até o ano que vem. A situação seguirá em aberta até o segundo semestre do ano quando o congresso deverá passar a reforma previdenciária, o que faria o Real se valorizar sobre o Dólar, mas em contrapartida tiraria a competitividade do Brasil e ainda existe outro fator, a colheita da nova safra nos Estados Unidos a partir de agosto passando a competir com força total no comércio regional.

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *