Crescimento do agronegócio faz vendas de insumos agropecuários crescerem R$ 6 bilhões

agronegocio 768x432 - Crescimento do agronegócio faz vendas de insumos agropecuários crescerem R$ 6 bilhões

O agronegócio brasileiro vive uma de suas melhores fases crescendo continuamente nos últimos dez anos, sem nenhum tropeço. Esse crescimento do agronegócio refletiu positivamente nas vendas de insumos agropecuários gerando um faturamento de R$ 110 bilhões em 2018 contra os R$ 104 bilhões registrados em 2017.

As marcas que atuam na distribuição de insumos agrícolas e veterinários tiveram um faturamento de R$ 46,8 bilhões em 2018, o que representa um crescimento de 6,3% em relação a 2017.

O resultado motivou o segmento a seguir inovando e realizando novos investimentos. Por outro lado, muitos produtores entusiasmados com a boa notícia também pretendem diversificar seus investimentos no campo, aproveitando a fase positiva que vive o agronegócio no Brasil.

As informações foram divulgadas nesta terça-feira (13) no 9º Congresso ANDAV, que está acontecendo em São Paulo. Os dados foram coletados através de uma pesquisa feita pela Andav abrangendo todo o território nacional.

Para se ter uma ideia do crescimento no setor, os associados da Andav faturaram R$ 42,4 bilhões, sendo responsáveis por 38,6% do faturamento total de R$ 110 bilhões. Os números são consideráveis dentro do segmento.

A pesquisa foi realizada em 21 Estados e em 1.436 empresas. De acordo com o levantamento, a área que mais ajudou no faturamento de 2018 foi o de insumos para grãos e cereais, responsável por 54% do resultado. As hortaliças somaram 4%, com a pecuária e o café, com 3% cada um.

O estudo realizado pela Andav destaca também uma visão geral do mercado de distribuição brasileiro, onde 48% das 7,5 milhões de propriedades rurais recebem atendimento do mercado de distribuição.

A pesquisa mostrou ainda que 41,2% dos distribuidores ouvidos planejam abrir nova filiais. Também foi constatado que o setor deverá abrir 4.375 postos de trabalho, o que contribuirá ainda mais para o fortalecimento do setor e automaticamente da economia brasileira.