fbpx

Argentina bate recorde nas exportações de carne bovina no primeiro quadrimestre de 2020

Reabertura dos EUA para carne in natura é oportunidade para pecuária de MS

Argentina bate recorde: As exportações de carne bovina pela Argentina no primeiro quadrimestre deste ano totalizaram recorde de 162 mil toneladas de carne bovina, segundo  informações da Câmara da Indústria e Comércio de Carnes e Derivados da República Argentina (CICCRA, sigla em espanhol) e entidades de estatística do país. As exportações ficaram 18 % superiores às registradas em janeiro-abril do ano passado e o volume representa 24,1% do total produzido no país no período. A receita com embarques argentinos do produto totalizou US$ 793,3 milhões no quadrimestre, ficando 12,2% maior do que no mesmo período durante o ano de 2019.

Os embarques para a China foram os mais significativos, já que o país corresponde a 72% total embarcado em volume e 61% em receita para a Argentina. Foram 117,5 mil toneladas de carne bovina, com US$ 491,3 milhões, neste primeiro quadrimestre de 2020. O Chile é o segundo mercado internacional mais importe para a Argentina em carne bovina, pois corresponde a quase 7% do total exportado do produto. No primeiro quadrimestre, foram enviadas ao país 11,337 toneladas de carne bovina. Isso representou uma receita de US$ 68,2 milhões de dólares.

Israel vem em seguida, com 6% do total exportado. O país comprou 10,280 toneladas de carne de janeiro a abril de 2020. Isso representa uma receita de US$ 74,4 milhões. Alemanha, Rússia, União Europeia, Países Baixos, Brasil e Itália, nesta ordem, são outros mercados importadores da carne bovina argentina.

Fonte: Datagro