Acrimat prestigia posse da Frente Parlamentar da Agropecuária

acrimat prestigia posse da frente parlamentar da agropecuaria giro rural 768x432 - Acrimat prestigia posse da Frente Parlamentar da Agropecuária

A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) se uniu a outras 41 entidades representativas do setor de produção de alimentos do país para prestigiar a posse do novo presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado federal Alceu Moreira. A solenidade de posse, que reuniu mais de 800 pessoas, ocorreu em Brasília, na noite desta terça-feira (19).

As entidades fazem parte do Instituto Pensar Agro e foram exaltadas pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, que definiu o setor como a locomotiva da economia do país. Ele lembrou ainda da nomeação da ministra Tereza Cristina para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) como o reconhecimento da importância da FPA, que até então era liderada pela ministra.

“São desafios, trabalho de sol a sol, de segunda a segunda. São homens e mulheres responsáveis pelo nosso PIB. Por isso, contem com alguém que está ao lado de vocês para que possam ter a devida segurança jurídica para poder plantar e produzir”, discursou Jair Bolsonaro durante a posse da FPA.

Para o presidente da Acrimat, Marco Túlio Duarte Soares, a representatividade do agronegócio brasileiro é incontestável. “Termos um presidente, uma ministra e toda uma bancada que reconhecem a importância do setor é uma conquista, não apenas por vir à posse, fazer um discurso motivador, mas principalmente por defender e dar condições para que os produtores tenham mais segurança na atividade”, afirmou Marco Túlio.

Segundo a ministra da Agricultura, a FPA mudou o destino do país. “A Frente lá atrás deixou de ser setorial e se uniu para também fazer política. Não existe outra frente como a FPA”, discursou Tereza Cristina. Já o recém empossado presidente da frente, Alceu Moreira, reforçou que é preciso ouvir o setor, pessoas que pensam soluções, unido a quem tem poder de decisão. “A FPA é uma ferramenta de solução de vida coletiva para povo brasileiro e precisa ter a responsabilidade de envolver todos os atores do setor”.

A Acrimat também foi representada pelos 1º e 2º vice-presidentes da entidade, Amarildo Merotti e Luis Fernando Amado Conte, respectivamente, pela diretor financeiro, Oswaldo Pereira Ribeiro Júnior, da diretora-executiva, Daniella Bueno, e pelo diretor técnico, Francisco Manzi.

Fonte: Olivre

Adicionar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *